A QUADRATURA DO CÍRCULO: SOBRE A QUESTÃO DA ESCOLHA DE PLANTA NA ARQUITECTURA DOMÉSTICA, NO EXEMPLO DA PRÉ-HISTÓRIA RECENTE E PROTO-HISTÓRIA NA ESTREMADURA PORTUGUESA / SQUARING THE CIRCLE: DISCUSSING PLAN CHOICES IN DOMESTIC ARCHITECTURE FROM LATER PREHISTORIC AND PROTOHISTORIC EXAMPLES IN PORTUGUESE ESTREMADURA

N.º 2 - 2018Thomas TewsArquitectura doméstica | Planta redonda | Planta rectangular | Estremadura portuguesa | Pré- e Proto-História
A QUADRATURA DO CÍRCULO: SOBRE A QUESTÃO DA ESCOLHA DE PLANTA NA ARQUITECTURA DOMÉSTICA, NO EXEMPLO DA PRÉ-HISTÓRIA RECENTE E PROTO-HISTÓRIA NA ESTREMADURA PORTUGUESA / SQUARING THE CIRCLE: DISCUSSING PLAN CHOICES IN DOMESTIC ARCHITECTURE FROM LATER PREHISTORIC AND PROTOHISTORIC EXAMPLES IN PORTUGUESE ESTREMADURA

A planta circular ou oval predomina na arquitectura doméstica das primeiras sociedades camponesas na Estremadura portuguesa, apesar de se identificar uma coexistência com a planta rectangular, pelo menos durante o Neolítico Final e Calcolítico. Só na Idade do Ferro é que a planta rectangular se torna predominante, o que provavelmente pode ser atribuído à presença fenícia naquela época.
Partindo do estudo de caso da Estremadura portuguesa na Pré-História Recente e Proto-História, este artigo apresenta algumas reflexões sobre, para além da cronologia e dos contextos culturais específicos, quais os motivos que levam uma sociedade a escolher a planta redonda, a planta rectangular, ou as duas plantas ao mesmo tempo, para as suas construções domésticas. Evidenciando diversas vantagens que a planta redonda oferece face à planta retangular, é colocado em questão o preconceito evolucionista que considera construções de planta rectangular mais evoluídas.

Pesquisa

Destaques

Sobre nós

Ophiussa – Revista do Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa foi iniciada sob a direcção de Victor S. Gonçalves em 1996.

A partir de 2017, esta revista editada pela UNIARQ – Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa, passou a incluir uma edição impressa e digital.

O seu principal objectivo é a publicação e divulgação de trabalhos com manifesto interesse, qualidade e rigor científico sobre temas de Pré-História e Arqueologia, sobretudo do território europeu e da bacia do Mediterrâneo.

Ophiussa – Revista do Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa publica um volume anual e inclui uma equipa de direcção redactorial, comissão científica e avaliação por revisores externos.

A revista encontra-se indexada no Diretório do Latindex com o número de Folio 26814.

Palavras chave

Links úteis