DOIS AMULETOS EM OSSO DE MIROBRIGA - EVIDÊNCIAS DO CULTO DE MAGNA MATER? / TWO BONE AMULETS FROM MIROBRIGA - EVIDENCE FOR THE CULT OF MAGNA MATER?

N.º 3 - 2019Catarina Felício | Filipe SousaLusitania | Mirobriga | amuleto | feminino | Baixo-Império
DOIS AMULETOS EM OSSO DE MIROBRIGA - EVIDÊNCIAS DO CULTO DE MAGNA MATER? / TWO BONE AMULETS FROM MIROBRIGA - EVIDENCE FOR THE CULT OF MAGNA MATER?

O estudo de contextos provenientes de escavações antigas em Mirobriga (Santiago do Cacém) levou à identificação de duas figuras antropomórficas em osso, com atributos femininos. Estas figuras em osso apesar de terem vindo a ser identificadas em diversas escavações, quer em Portugal quer em algumas partes de Espanha, têm-se mantido algo enigmáticas relativamente ao seu significado, pelo que a identificação e publicação de um conjunto destas figuras num edifício de provável função religiosa, em Augusta Emerita, permitiu trazer alguma luz acerca da sua função e possível contexto religioso.
Assim, o presente artigo procura contribuir para o conhecimento e debate destes objectos, adicionando dois exemplares, um dos quais com contexto estratigráfico associado, aos já conhecidos e publicados.

Pesquisa

Destaques

Sobre nós

Ophiussa – Revista do Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa foi iniciada sob a direcção de Victor S. Gonçalves em 1996.

A partir de 2017, esta revista editada pela UNIARQ – Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa, passou a incluir uma edição impressa e digital.

O seu principal objectivo é a publicação e divulgação de trabalhos com manifesto interesse, qualidade e rigor científico sobre temas de Pré-História e Arqueologia, sobretudo do território europeu e da bacia do Mediterrâneo.

Ophiussa – Revista do Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa publica um volume anual e inclui uma equipa de direcção redactorial, comissão científica e avaliação por revisores externos.

A revista encontra-se indexada no Diretório do Latindex com o número de Folio 26814.

Palavras chave

Links úteis